Ai ai ai Unai

O Arsenal é gigante demais pra passar por isso!!

Ver o seu capitão (mais sobre isso daqui a pouco) sair de campo lentamente (com o time precisando buscar o gol), xingando e gesticulando pra sua própria torcida, é demais.

A torcida dos Gunners claramente está de saco cheio de ver o seu clube ridicularizado com tanta frequência, há tanto tempo. Ver o seu clube diminuído!

Recentemente o treinador Unai Emery responder à críticas dos jogos e do desempenho do Arsenal, dizendo que era só olhar para onde o Arsenal está hoje comparado com quando ele assumiu.

Pra isso eu respondo: No mesmo lugar!

O Arsenal está longe de brigar pelo título, sendo que sua única briga é por vaga ma UEFA Champions League, e praticando um futebol bipolar – indo de um futebol atraente e vencedor para um bagunçado e patético. E muitas vezes dentro da mesma partida!

Muito disso é culpa do Unai Emery.

O fato dele ter escolhido o Granit Xhaka como capitão do time, sendo que ele nunca havia demonstrado característica alguma de liderança, mostra como o treinador faz escolhas ruins. Sem contar que ele também escolheu o Ozil como o quinto capitão do time… o mesmo Ozil que está afastado do time.

Aí olhamos para algumas outras escolhas táticas do Emery, como deixar o Lacazette no banco em tantos jogos, vários deles importantes.

Além disso, considerando que o Arsenal não tem um elenco farto, o espanhol roda demais o seu time. Com isso, seus melhores jogadores (especificamente Lacazette e Aubameyang) não conseguem desenvolver qualquer entrosamento.

Se olharmos para o Liverpool, o melhor time da atualidade, vemos que o Klopp não roda muito o seu time. É verdade que ele faz isso priorizando a Premier League e Champions League, basicamente deixando de lado as copas (nessa vitória sobre o Arsenal nos pênaltis, o Liverpool era 100% reserva e claramente não se importava muito com o jogo), mas o entrosamento do time é assustador (num ótimo sentido!).

Sobre o incidente do Xhaka, o Unai Emery disse o seguinte:

“Ele está devastado, triste… Ele sabe que errou… Quando cometemos erros individuais, precisamos pedir desculpas por uma circunstância. Eu prefiro fazer assim. Sugerimos a ele que faça.”

Isso não foi algo para simplesmente pedir desculpas. Foi um erro gigante, e considerando que não estamos nem falando de um jogador imprescindível (não acredito que o time sentirá sua falta), um pedido de desculpas não é o suficiente.

Ao meu ver, o Unai Emery deveria simplesmente afastá-lo do time até a janela de janeiro (junto com o Ozil), e então negociá-lo. Por qualquer preço. Um clube como o Arsenal não precisa disso. Um clube como o Arsenal não pode ter isso!

Termino com a mesma frase que comecei: O Arsenal é gigante demais pra passar por isso!!

Até a próxima…

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s