VAR (e Lucas) garantem empate do Tottenham contra o City

Foi um jogaço, assim como os confrontos da última UEFA Champions League. E assim como na Champions, o VAR garantiu o resultado pro Tottenham.

O City foi muito, mas muito superior. Criou muitas chances, mandou bola na trave, mad saiu com apenas um ponto. Os Cityzens abriram o placar com Sterling, após lindo passe do Kevin De Bruyne, mas Lamela logo empatou num chute de longe (acho que o Ederson deveria ter defendido).

Ainda no primeiro tempo o City retomou a liderança gracas a mais um passe perfeito do De Bruyne, que Aguero mandou pra rede.

Só dava City, e o domínio continuou no segundo tempo… Até o Lucas entrar. O brasileiro entrou aos 11 do segundo tempo e em segundos empatou a partida.

Gabriel Jesus comemorou o gol que seria anulado segundos depois pelo VAR

O domínio continuou até os acréscimos, quando Gabriel Jesus marcou aquele que seria o gol da vitória. Mas, o VAR entrou em ação e pegou um desvio na mão do Laporte antes da finalização do Jesus – sendo que a regra nova diz que qualquer toque na mão de um jogador do ataque é ilegal (com ou sem intenção), o gol foi anulado em um minuto.

Quem gostou do “tropeço” do City foi o LIVERPOOL, que venceu o Southampton por 2×1 e chegou à seis pontos em dois jogos. Apesar do placar apertado, os Reds abriram 2×0 com Mané e Firmino (mais um grande jogo do brasileiro), e só sofreu um gol graças à uma lambança ridícula do goleiro Adrián, que era dúvida pra esse jogo após ser lesionado por um torcedor do Liverpool durante as comemorações depois da vitória na Supercopa da UEFA contra o Chelsea no meio de semana.

O ARSENAL também venceu sua segunda partida, e pelo mesmo placar do Liverpool: 2×1. E, assim como os Reds, o placar não mostra o que foi o joog, que teve amplo domínio dos Gunners contra o Burnley.

Os gols foram marcados por Lacazette e Aubameyang, mas o destaque foi Dani Ceballos, que comandou o meio campo com uma partidaça. Nicolas Pépé também deixou uma ótima impressão com belas jogadas – eventualmente formará um trio fantástico com Laca e Auba (veja aqui os melhores trios de ataque da Premier League nessa temporada 2019-2020).

O EVERTON venceu sua primeira, graças a Bernard. O brasileiro marcou o único tento da partida contra o Watford, numa ótima jogada individual. O outro brasileiro do ataque dos Toffees, Richarlison, foi muito apagado e foi substituído após uma hora em campo.

Pela Premier League, amanhã o Chelsea buscará sua primeira vitória da temporada contra o Leicester no Stamford Bridge, e na segunda-feira o Manchester United visita o perigoso Wolverhampton.

Até a próxima…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s