Jogadores que fazem você pensar: Vale a pena?

São jogadores com muito talento, mas que fazem você pensar duas vezes (ou três, ou quatro) se vale mesmo a pena o investimento, pois vêm com alto risco.

Você contrataria esses jogadores considerando o que vem com eles, e o preço?

NEYMAR

Um dos jogadores de futebol mais talentosos do mundo, talvez atrás apenas de Lionel Messi quando o assunto é puro talento. Porém, Neymar não vem apenas com o seu talento futebolístico; ele vem com um “pacote” assustador.

O maior problema é a sua atitude, e me refiro a dentro e fora de campo. Dentro de campo ele tem a necessidade de ser o absoluto centro das atenções, e para isso ele acaba segurando demais a bola, parecendo mais interessado em sofrer faltas do que criar jogadas de gol.

Sem contar nas cansativas simulações, algo que atingiu o seu auge na Copa do Mundo de 2018, com o brasileiro rolando no chão a cada faltinha.

E aí temos o seu staff, liderado pelo seu pai. O Neymar Sr. acaba se tornando um enorme problema para o clube pois quer participar demais de coisas que não deve. Além disso, sua influência negativa sobre o atleta (aqui estou me referindo apenas ao lado esportivo) é clara com suas atitudes e o seu pai publicamente defendendo tais atitudes.

É um baita jogador de futebol, mas hoje eu não o contrataria se fosse diretor de um clube como o Barcelona, que ainda tenta contratá-lo. Saiu mal do Santos, saiu mal do Barcelona e vai sair mal do PSG.

PAUL POGBA

Desde que Pogba trocou o Manchester United pela Juventus em 2012, de graça, aos 19 anos de idade, ele é tido como um dos grandes talentos do futebol mundial. E, no seu tempo em Turim, o francês realmente jogou muita bola; parecia que seria mesmo um dos melhores meio campistas do mundo.

Porém, desde que foi para o Manchester United em 2016, não demonstrou uma sequência de bom futebol… apenas lampejos. E durante todo esse tempo mostrou várias vezes uma atitude que deixa a desejar, como recentemente quando disse publicamente que “está pronto para um novo desafio”. Obviamente que não existe problema querer trocar de clube, mas isso se faz nos bastidores, direto com a diretoria.

Acho que ainda vale o risco ad contratação se for para o Real Madrid (com Zidane), mas não por mais de €100 milhões.

MAURO ICARDI

Há um ano, Icardi ainda era um dos atacantes mais cobiçados da Europa. Hoje, após uma temporada com problemas de atitude (quase sempre envolvendo sua esposa/agente), a Inter de Milão não o quer mais no elenco e a maioria dos times não pensam mais na contratação do atacante argentino, que inclusive já perdeu a camisa 9 para o recém contratado Romelu Lukaku.

Se a Inter conseguir achar um comprador não será nem perto dos €100 milhões cotados há um ano). Pessoalmente, eu não arriscaria!

ADRIEN RABIOT

O PSG certamente não lidou com a situação da melhor forma possível ao deixar Rabiot completamente excluído nos seus últimos seis meses de contrato, mas havia uma razão por trás. O meia francês claramente estava mais preocupado em fechar o seu próximo contrato com outro clube; inicialmente falou-se em Barcelona, até a Juventus fechar com ele.

E, não podemos esquecer aquela atitude ridícula de se recusar a ficar na “lista de espera” da Seleção Francesa para a Copa do Mundo de 2018 – atitude que fez com que Deschamps passasse a excluir Rabiot completamente da seleção.

Considerando que Rabiot será um dos jogadores mais bem pagos da Juventus, achei um mal negócio por parte dos campeões italianos. Eu só o contrataria por um salário bem mais baixo (ele receberá mais de €7 milhões por temporada, valor que o deixaria atrás apenas de Cristiano Ronaldo e Aaron Ramsey).

DIEGO COSTA

Sua qualidade é clara, mas seus problemas emocionais são maia claros ainda. O amistoso recente com o Real Madrid na International Champions Cup foi o exemplo perfeito: Diego Costa marcou quatro gols antes de ser expulso.

O brasileiro naturalizado espanhol vem com um pacote que realmente divide opiniões. Vale a pena lidar com os problemas comportamentais dele, além das suas várias secas de gol, pelos momentos brilhantes que aparecem de vez em quando?

GARETH BALE

O talento de Bale é indiscutível. Ele mostrou muito no Tottenham, e esporadicamente no Real Madrid, que tem a capacidade de decidir jogos sozinhos. Dois momentos que claramente mostram isso:

• A final de Copa de Rei de 2014 contra o Barcelona, quando Bale marcou o gol da vitória no fim de jogo numa jogada individual onde ele pegou a bola no meio do campo e deu uma corrida impressionante para passar pelo Bartra e marcar um golaço (vídeo abaixo);

• Na final da UEFA Champions League de 2018 contra o Liverpool, quando Bale marcou dois gols – um numa falha do goleiro Karius e outro que foi aquela pintura de bicicleta (vídeo abaixo).

Hoje Bale demonstra uma atitude de total descaso com o clube que paga seu altíssimo salário, a ponto dele sair pra jogar golf enquanto o Real fazia uma partida de pré-temporada. Hoje, o risco que vem com Bale (atitudes como essas, além de seus muitos problemas com lesões) não vale o valor que teria que ser pago.

Até a próxima…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s