Virada histórica em Anfield

You’ll never walk alone!

A torcida do Liverpool cantou como nunca antes do jogo, esperando um milagre após perder o jogo de ida por 3×0. Um jogo em que o placar foi enganoso, pois o Barcelona não mereceu (e poderia ter sido 4 ou 5 se o Dembélé não tivesse perdido dois gols na cara nos acréscimos).

Mas, hoje o futebol foi justo! O Liverpool, sem Salah e sem Firmino (e perdeu o Robertson no intervalo), dominou o Barcelona, que andou em campo e parecia cansado. O detalhe é que o Barça descansou messe fim de semana enquanto o Liverpool fez um jogo duríssimo contra o Newcastle.

Foi um show de garra, de tática… de futebol. Logo aos seis minutos Origi abriu o placar após um erro ridículo do Jordi Alba, que fez uma pas piores partidas que já vi do espanhol.

O Barcelona ainda conseguiu criar algumas boas chances, mas ou chutou pra fora ou parou no Alisson, que fez uma grande partida.

No segundo tempo, com Robertson lesionado, o Klopp optou por colocar Wijnaldum e deslocar o Milner para a lateral… e deu muito certo.

Aos 56 e 59 minutos o Wijnaldum marcou dois gols. Com isso, o placar agregado estava 3×3. Mas, ao invés do Barcelona buscar um gol que praticamente garantiria a classificação (o Liverpool teria que marcar mais dois), foi o Liverpool quem continuou pressionando e indo pra cima.

Até que aos 79 minutos o jovem Alexander-Arnold fez uma jogada genial. Ele percebeu o time todo do Barcelona sem prestar nenhuma atenção na cobrança de escanteio do lateral-direito, esperando que ele iria aguardar a chegada de mais jogadores. Rapidamente ele viu o Origi sozinho ma pequena área, com ninguém perto dele. Ele cobrou rápido e perfeito, e o Origi mandou pro fundo da rede.

O Barcelona parecia um time de amadores. Era difícil imaginar que tinha em campo vencedores como Pique, Alba, Rakitic, Busquets, Suarez e Messi.

Foi uma classificação mais que merecida desse fantástico time do Liverpool. E, pode ter certeza que haverão algumas duras consequências no Barcelona, talvez começando com Valverde, que hoje mostrou estar bem longe dos melhores da Europa.

Ah, e sim… essa virada foi mais espetacular do que a remontada do Barcelona sobre o PSG. O Barcelona é muito mais time que aquele PSG, e aqui não teve nenhuma polêmica como naquele jogo (obrigado VAR).

O Barcelona amarelou de novo, após fazer a mesma coisa na temporada passada contra a Roma.

Parabéns ao excelente time do Liverpool, liderado pelo excelente Jurgen Klopp.

Até a final em Madrid…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s