Conforme nossa previsão, o Ajax surpreende e passa pela Juventus

O Ajax não chegava à uma semifinal de UEFA Champions League desde 1997. Com todos os méritos, o gigante holandês está novamente entre os quatro primeiros.

Quando publiquei a previsão das quartas de final da UEFA Champions League com os palpites, aquele que gerou mais polêmica foi o Ajax, que escolhi para passar pela Juventus do Cristiano Ronaldo.

Hoje o Ajax confirmou a previsão do Best Soccer Pack com uma vitória categórica sobre a Juventus em Turim. Foi 2×1, de virada, mas poderia ter sido um repeteco dos 4×1 pra cima do Real Madrid nas oitavas de final.

O treinador do Ajax, Erik ten Hag, deu um show tático do Massimiliano Allegri. O time holandês dominou o jogo, especialmente no segundo tempo. Tadic, De Jong, Neres, Ziyech, De Ligt… Todos gigantes!

O Allegri, ao meu ver, cometeu um erro gigante ao deixar Moise Kean, que vem marcando gol atrás de gol, no banco. Além disso, entrar com três volantes foi covarde demais contra um Ajax que vem mostrando a sua qualidade por toda a temporada 2018/19.

Cristiano Ronaldo deixou o seu, mas também deixou a Champions League

A Juve abriu o placar com mais um gol de cabeça do Cristiano Ronaldo, mas o melhor jogador da Juventus não foi o português, e sim o goleiro Szcezny, que fez duas defesas absurdas no segundo tempo, quando o jogo já estava 1×1 após um gol do Van de Beek.

O gol da vitória, e da classificação, veio do zagueiraço De Ligt, que subiu por cime de dois defensores da Juve para marcar de cabeça. Foi um gol que, financeiramente, vai valer mais do que a vaga das semis – pode ter certeza que o seu passe subiu pelo menos uns €20 milhões depois do jogo de hoje.

Depois disso, David Neres e Ziyech tiveram ótimas oportunidades que acabaram desperdiçando, mas o Ajax seguiu em cima da Juve e garantiu a merecida vaga nas semifinais da UEFA Champions League.

Agora o time aguarda o vencedor de Manchester City e Tottenham.

No outro jogo do dia, o Barcelona despachou o Manchester United com tranquilidade, graças a dois golaços (um do Messi e um do Coutinho) e um frango do De Gea.

O United começou o jogo bem demais, e teve duas ótimas chances de gol com menos de dois minutos, incluindo uma no travessão. Mas depois de 10 ou 15 minutos o Barcelona tomou conta do jogo e não correu mais riscos.

Aos 16 minutos Messi deu uma linda caneta no Fred e marcou mais um golaço. Quatro minutos depois Messi ampliou com uma grande ajuda do De Gea, que levou um frangaço.

Daí o Barcelona administrou, criou mais chances, e no segundo tempo acabou chegando ao seu terceiro com um golaço típico do Coutinho – cortou pra direita e bateu no ângulo oposto.

O Barça pega o vencedor de Liverpool e Porto.

Até a próxima…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s