Liverpool e Barcelona mostraram força nas classificações

Foram os dois confrontos com 0x0 nos jogos de ida, mas na volta não faltaram gols. O Barcelona confirmou o seu favoritismo (mais uma vez, graças ao extra-terrestre), e o Liverpool passou pelo Bayern com muita autoridade.

Bayern de Munique vs Liverpool era o confronto mais equilibrado das oitavas de final. Dois times com talento nivelado, e ambos com camisas pesadas e experiência na Champions League.

Enquanto o Liverpool chegou ao confronto no seu pior momento da temporada, o Bayern vivia o seu melhor, tendo acabado de assumir a liderança da Bundesliga pela primeira vez na temporada.

Mas, foi o Liverpool quem tomou conta do jogo, especialmente depois que Klopp foi forçado a consertar um erro de escalação – Henderson torceu o tornozelo com menos de 15 minutos e teve que ser substituído por Fabinho, que vive grande fase e deveria ter começado o jogo.

Aos 26 minutos de jogo o Mané recebeu um lindo lançamento de Van Dijk, aproveitou uma saída muito ruim do Neuer (que nunca mais foi o mesmo desde sua última lesão) e marcou um gol de muita categoria. Aliás vale um elogio à fase do Sadio Mané, que vem marcando gol atrás de gol para os Reds.

Firmino curtiu a grande atuação do Liverpool

O Bayern empatou ainda no primeiro tempo com um gol contra do fraco Matip, que foi lento ao voltar na marcação.

No segundo tempo o Bayern naturalmente foi pra cima, pois só a vitória classificaria os alemães, mas não conseguiu criar nada de perigo. Até que aos 69 minutos Van Dijk marcou numa cabeçada tão forte e perfeita que pareceu um chute.

Daí em diante o Bayern perdeu as forças, e aos 84 minutos o Liverpool fechou a classificação com um belíssimo gol. Salah deu um passe de trivela maravilhoso para Mané, que marcou o seu segundo do jogo.

Em Barcelona, o Lyon até chegou a assustar pois um empate com gols daria a classificação aos franceses. Mas, o Barcelona tem um gênio que simplesmente decide.

Messi abriu o placar da marca do pênalti (de cavadinha) e Coutinho aproveitou uma linda jogada de Suarez para ampliar o placar… tudo no primeiro tempo.

Na segunda etapa o Lyon voltou mais solto, sabendo que não tinha escolha a não ser partir pra cima e buscar o empate, e aos 58 minutos diminuiu com Tousart. Mais um gol colocaria o Lyon mas quartas, e eles foram pra cima.

Messi deixa Marcelo e Denayer no chão com um drible, e marca um golaço

O Lyon criou e assustou, até que aos 78 minutos Messi decidiu. O craque fez uma jogadaça individual, com um drible que deixou dois defensores do Lyon no chão, e finalizou de direita. Um golaço!

O gol matou o Lyon, e o Barcelona aproveitou para marcar mais dois gols, com Pique e Dembélé (ambos com assistência de Messi).

Além do argentino, Suarez fez uma partida muito boa. Apesar de não ter deixado o seu, o uruguaio participou muito bem do jogo e ajudou a criar boas chances. A dupla de zaga (Pique e Lenglet) também foi muito bem, e o Arthur se torna cada vez mais insubstituível nesse time do Barcelona com o seu controle absurdo no meio campo (não é possível que ele não tenha vindo da base do Barcelona – parece que ele joga no estilo Barça desde criança).

Na sexta-feira de manhã teremos o sorteio dos confrontos das quartas de final da UEFA Champions League, e o Best Soccer Pack acompanhará tudo, portanto siga a gente para ficar por dentro e conferir a nossa prévia dos quatro confrontos.

Até a próxima…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s