La Liga – o melhor e mais emocionante campeonato do mundo

No geral, quando se fala no melhor campeonato do mundo, a resposta automática é o Campeonato Inglês – a Premier League … e isso é compreensível. Afinal, estamos falando da liga mais milionária com times muito tradicionais no cenário europeu.

Porém, vamos olhar friamente. Quando as pessoas se referem ao Campeonato Espanhol ainda insistem em dizer que é um campeonato de dois times (alguns dizem três). Mas vamos olhar para o histórico recente da Premier League para entender se é muito diferente.

Tirando a aberração que foi o título do Leicester de 2016, temos que voltar para 2004 (Arsenal) para encontrar o último campeão inglês diferente de United, Chelsea e City.

Se incluirmos o Arsenal na lista, aí temos que voltar até 1995 para ver um campeão diferente – o Blackburn Rovers.

Na Espanha é parecido. Voltamos para 2004 para encontrar um campeão diferente de Real, Barça e Atleti – o Valencia. No ano 2000 o Deportivo La Coruña levantou a taça.

Portanto, esse argumento não tem tanto fundamento!

O pequeno Eibar humilhou o Real Madrid

Aí, vamos olhar para essa temporada, que é o que me levou a escrever essa matéria. O Real Madrid, líder absoluto do seu grupo da UEFA Champions League e atual tri-campeão europeu, levou um baile (em todos os sentidos) do Eibar. O pequeno Eibar, que joga num estádio para apenas 7.000 pessoas, marcou três gols no Real (e poderia ter sido mais) – o mesmo número de gols que o time havia marcado contra o poderoso Real Madrid em toda a sua história!

Ah, e antes disso o Real foi derrotado por Alavés e Levante, e de forma convincente.

O Barcelona, dono da melhor campanha da fase de grupos dessa Champions League (e num grupo muito complicado com Inter de Milão, Tottenham e PSV), empatou em casa com o Girona e perdeu para o Leganés. Mais recentemente levou um show de bola do Real Betis (atual 14º colocado em La Liga) em pleno Campo Nou.

O Real Betis deu um show contra o Barcelona no Camp Nou

O atual líder do Campeonato Espanhol não é o Barcelona, ou o Real Madrid, ou o Atlético de Madrid … é o Sevilla. O mesmo Sevilla que começou a temporada perdendo o Dérbi da Andaluzia contra o Betis, e que nessa derrota a torcida pedia a demissão do treinador Pablo Machin. Hoje, todos em Sevilla já querem a renovação do contrato espanhol.

E quem é o artilheiro do Campeonato Espanhol após 13 rodadas? Não é Messi, nem Suarez, nem Griezmann, nem Iago Aspas … é Cristhian Stuani, uruguaio de 32 anos, do Girona, com 10 gols! O mesmo Girona que hoje tem a mesma pontuação do Real Madrid.

O mais legal é que todos esses resultados que estamos vendo, não têm sido em partidas ruins. Pelo contrário! São muitas partidas emocionantes e muito bem jogadas. Virou comum vermos times menores não se “apequenar” frente a times maiores e melhores. Os times, como vimos recentemente com o Betis contra o barcelona e o Eibar contra o Real Madrid, buscam o jogo o tempo todo, mesmo quando vencendo. Isso é muito raro!

Ah, e sem contar que os times espanhóis têm dominado a Champions e Europa League, conquistando 9 dos 10 últimos títulos … é um número que não pode ser ignorado.

O Campeonato Espanhol está há anos a frente das outras ligas com relação à técnica, tática e um pensamento mais ofensivo. Hoje, como disse o jornalista Graham Hunter para a ESPN, “agora pode acrescentar imprevisibilidade à lista”.

Até a próxima …

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s