Os mais valorizados e desvalorizados após a Copa do Mundo 2018

Como acontece em toda Copa do Mundo, jogadores são valorizados e desvalorizados após o torneio. As vezes apenas uma boa partida é o suficiente para despertar o interesse de vários clubes, mas tem o outro lado – as vezes uma ou duas partidas ruins numa Copa do Mundo podem desvalorizar um atleta. Vamos olhar para alguns dos que mais valorizaram e desvalorizaram após a Copa do Mundo 2018 na Rússia.

⬆️ VALORIZADOS ⬆️

Jordan Pickford

A Inglaterra encontrou o seu goleiro. Confiante, ágil e mostrou ser capaz de defesas dificílimas (contra a Colômbia fez aquele milagre no fim do tempo regulamentar). Se alguém quiser tirá-lo do Everton, terá que pagar bem mais do que os £30 milhões desembolsados pelo clube um ano atrás.

Kylian Mbappé

O talento era muito claro, mas ninguém imaginava que esse garoto de 19 anos já estivesse capaz de liderar a França ao título da Copa do Mundo. A promessa virou realidade.

Eden Hazard

Todos sabiam da qualidade do Hazard, mas o consenso era que o belga era um ótimo jogador, porém inconsistente ao liderar o seu time nos maiores palcos – seu tempo no Chelsea mostra isso. Hazard sai da Rússia um craque, tendo liderado a Bélgica à sua melhor colocação numa Copa do Mundo em sua história … já até deu a deixa para o Real Madrid vir buscá-lo.

Yerry Mina

O zagueiro ex-Palmeiras não conseguiu se encaixar no Barcelona desde que chegou ao clube em janeiro. Porém, na Copa da Rússia o zagueiro marcou três gols para a Colômbia e sai do torneio com vários clubes interessados no seu futebol. Se o Barcelona decidir vender, provavelmente triplicará o seu investimento de €11 milhões.

Banjamin Pavard

Ninguém conhecia o lateral-direito Pavard – afinal, ele não era para ser titular (Sidibe foi à Rússia lesionado), e talvez nem fosse convocado. Mas ele entrou e fez uma Copa muito forte …. sem contar aquele golaço que ele marcou contra a Argentina quando o time de Messi tinha acabado de virar o jogo para 2×1. Na Euro 2016 Pavard estava numa fan fest em Lille com seus amigos – na Copa 2018 ele está com a taça na mão. Nada mal!

Harry Maguire

Na Copa de 2014 Maguira assistia a Inglaterra com seus amigos em casa. Na Copa de 2018 Maguire se tornou o melhor zagueiro inglês.

Ante Rebic

Um daqueles que quase ninguém conhecia antes da Copa do Mundo, mas sai da Rússia com vários clubes olhando para o atacante croata. Fez ótimas partidas e virou titular absoluto da Croácia.

Denis Cheryshev

Começou como reserva, entrou logo no primeiro jogo e marcou dois gols para os anfitriões. Ainda marcou mais dois gols na Copa e acabou sendo o destaque dos surpreendentes russos, que chegaram às quartas de final.

Hirving Lozano

O jovem atacante da Seleção Mexicana começou a Copa do Mundo com o pé direito. Logo de cara enfrentou a Alemanha, jogou muito bem e marcou o gol da vitória. Se já havia uma expectativa sobre Lozano, a estreia simplesmente confirmou. Não interessa que nos outros jogos Lozano não foi tão bem … os clubes lembram da partida contra a Alemanha, e o PSV Eindhoven deve receber propostas pelo atacante mexicano.

Kasper Schmeichel

Já era um goleiro bem visto na Inglaterra, mas depois de uma ótima Copa do Mundo o filho do lendário Peter Schmeichel sai da Rússia um nível acima.

Raphael Varane

Já era um grande zagueiro, mas depois dessa Copa incrível, Varane é agora um dos melhores zagueiros do mundo, se não for o melhor. O jogador do Real Madrid não cometeu erros e comandou a defesa francesa na Copa, que foi sólida em seis dos sete jogos (exceção feita ao jogo contra a Argentina).

Edinson Cavani

O que teria sido do confronto contra a França se Cavani estivesse em campo? Uma pena, pois o que jogou o uruguaio contra Portugal não foi brincadeira. Mostrou porque é o maior artilheiro do PSG, e o verdadeiro líder do time do Neymar.

⬇️ DESVALORIZADOS ⬇️

Gabriel Jesus

Que Copa horrorosa! Não só ele saiu sem gols, mas não criou, não levou perigo, só ajudou um pouco defensivamente. Parece que sentiu o peso da camisa 9 numa Copa do Mundo.

Thomas Muller

Depois de marcar 5 gols em cada uma das duas últimas Copas, Muller fez uma Copa no nível das atuações da Alemanha – decepcionante.

Robert Lewandowski

Chegou como o artilheiro das eliminatórias, onde liderou a Polônia a liderança do seu grupo. Mas, na Copa Lewandowski não conseguiu influenciar os jogos como todos esperávamos.

Neymar

Chegou como o favorito a ser o craque da Copa … saiu como o jogador mais ridicularizado que já vi. Neymar na Rússia foi cai cai, chorão, reclamão, fominha, etc. É sua última chance de mostrar que ainda pode ser um dos melhores do mundo.

Gonçalo Guedes

Fez uma ótima temporada pelo Valencia e chegou como titular do ataque português ao lado de Cristiano Ronaldo, mas decepcionou. Parecia muito nervoso e não foi capaz de ajudar o ataque de Portugal.

Gerard Pique

Mostrou sérios sinais de que sua carreira está em queda. Foi mal em todos os jogos da Espanha, finalizando com aquele pênalti bizarro cometido contra a Rússia quando colocou a mão na bola … erro que acabou custando a classificação.

Maximiliano Meza

Chegou como um desconhecido, saiu como um jogador incapaz de ajudar o time de qualquer forma. Inexplicavelmente mantido em campo por tanto tempo por Sampaoli, Meza foi um dos piores jogadores da bagunçada Argentina.

Mesut Ozil

Talvez agora todos possam ver o que eu e muitos outros vêm dizendo – Ozil é o jogador mais supervalorizado do futebol. Faz uma boa jogada a cada quatro ou cinco jogos … o resto do tempo anda em campo e não ajuda em nada. É o Ganso europeu.

Jerome Boateng

Depois de Ozil, foi o pior jogador da Alemanha na Copa. Não fez nada certo, cometeu faltas desnecessárias e erros defensivos. Uma péssima Copa.

Alisson

Chegou após uma grande temporada pela Roma e despertando interesse de vários gigantes, incluindo os dois finalistas da última UEFA Champions League. Porém, cometeu um erro logo na estreia contra a Suíça (sim, ele foi o meior culpado pois a bola foi cabeceada na pequena área, na sua frente). No gol do De Bruyne ele não cometeu um erro, mas um dos melhores goleiros do mundo teria defendido aquele chute.

Jorge Sampaoli

Como não incluir o pior treinador da Copa do Mundo 2018? Sampaoli, que há pouco tempo era visto como um dos melhores treinadores do mundo, terá que reconstruir sua reputação. Escalações completamente erradas, mexidas inexplicáveis … que trabalho horroroso.

Faltou alguém? Mudaria alguma coisa? Participe.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s