O dia em que os dois melhores do mundo caíram

Independente de quem você prefere. Independente de qual seleção você gosta mais. Hoje, por mais que tenhamos visto dois grandes jogos, teve um lado muito triste para quem gosta de futebol – Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, os dois melhores jogadores do mundo nos últimos 10 anos, perderam e ambos estão voltando para suas casas, e a Copa do Mundo fica um pouco mais sem graça.

Primeiramente, vale dizer que Argentina e Portugal mereciam sair. A França foi claramente superior a Argentina, e o Uruguai foi claramente superior a Portugal. E, nos dois casos, os craques não fizeram muita coisa.

A forma em que perderam mostra que ambos têm problemas nos seus times. A Argentina tem problemas mais sérios, pela bagunça da AFA, o trabalho horroroso do Sampaoli e um setor defensivo que simplesmente não tem jogadores a altura.

Portugal sofreu com um desempenho muito ruim dos “coadjuvantes” que tinham potencial para aparecer mais – casos de Bernardo Silva, Gonçalo Guedes, João Mario, Raphael Guerreiro, Ricardo Quaresma e João Moutinho (nem jogou contra o Uruguai). Sem ninguém para ajudar o Cristiano, era óbvio que Portugal não ganharia.

Do lado argentino, espero que o time possa se acertar para que possamos continuar vendo o Messi em ação. Do lado português, espero que Cristiano Ronaldo ainda tenha gás para mais uma Copa do Mundo.

Espero que não tenha sido o fim das carreiras internacionais desses dois gênios da bola. Uma hora isso vai acontecer, mas espero que essa hora ainda não tenha chegado.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s