Salah jogador do ano, saída de Wenger, shows do City e Barça, e mais

Que final de semana. Definição dos finalisatas da Copa da Inglaterra, a saída de Arsene Wenger, o título com show do Barcelona, e muito mais.

Esses são os PENSAMENTOS DO PACK, analisando o que de melhor e mais importante aconteceu no fim de semana do futebol europeu.

Salah é o melhor

Ontem Mohamed Salah foi elegido o melhor jogador da temporada pelos jogadores da Premier League. Todos sabíamos que ficaria entre Salah e Kevin De Bruyne, mas o egípcio levou.

Eu escrevi aqui que qualquer um que vencesse seria merecido. De Bruyne foi o melhor e mais decisivo jogador do melhor time, mas Salah marcou os gols, e isso acaba se destacando mais. O fato de Salah ter sido decisivo contra o City na Champions, enquanto De Bruyne foi apagado, deve tero1sido decisivo na votação (apesar de não dever contar pois não foi na Premier League).

#Wengerout vira realidade

A saída de Wenger do Arsenal ao fim dessa temporada será alguns anos atrasada, e por causa desses anos será um pouco manchada, mas não apaga o incrível trabalho que eleWenger fez por lá. O francês introduziu um futebol que quase sempre era bonito e divertido de assistir.

Tive inúmeras discussões com torcedores do Arsenal (especialmente com a minha irmã) nos últimos anos sobre a “parada no tempo” do Wenger, mas grande parte seguiu defendendo o francês – sua ética e estilo fiel de jogo.

Independente do lado que você está nessa discussão, uma coisa é fato: Arsene Wenger é uma lenda no Arsenal e seu trabalho merece todo o respeito do mundo.

City buscando recordes

O Manchester City entrou em campo nesse domingo com o título da Premier League já garantido, mas isso não parou os Cityzens de completamente destruírem o Swansea por 5×0, numa performance de gala. Agora, a meta do clube é quebrar mais recordes e garantir a melhor campanha do história. Até agora são 90 pontos (recorde é 95), com uma diferença de 16 pontos para o vice-líder United (o recorde é 18). Ainda tem número de vitórias, saldo de gols e alguns outros.

Muitos está criticando o trabalho de Guardiola pela eliminação na UEFA Champions League, mas uma campanha dessas não pode ser criticada … precisa ser exaltada e apreciada. Eu já disse mais de uma vez, e continuo dizendo: esse estilo de futebol, sempre bonito e pra frente, precisa ser sempre elogiado.

Barça dá show na final da Copa do Rei

Assim como o Guardiola em Manchester, Ernesto Valverde tem recebido muitas críticas após a eliminação na UEFA Champions League. Apesar do treinador do Barcelona merecer algumas críticas, acho um absurdo falar que ele é um péssimo treinador – estamos falando de um Barcelona que bateu o recorde de partidas invictas em La Liga, ainda tem chances de ser campeão invicto, e perdeu apenas duas partidas em toda a temporada. Isso merece muitos elogios.

Além disso, o show que o Barcelona deu nesse fim de semana na final da Copa do Rei contra o Sevilla foi vintage … aquele melhor Barcelona, com domínio total do jogo, inúmeras chances criadas e cinco convertidas em gols. Esse jogo deve servir como modelo para a preparação para a próxima temporada.

Assim como com o City, não se joga o ótimo trabalho de uma temporada no lixo por um ou dois jogos ruins.

Emoção na Itália

Muito, incluindo eu, achávamos que a Juventus tinha praticamente garantido seu sétimo título seguido da Serie A italiana, mas aí veio o empate inesperado contra o Crotone na última rodada, e a derrota para o Napoli no último minuto do jogão de ontem, deixando a vantagem da Juve em apenas um ponto.

Entre as cinco principais ligas, é a única com emoção na briga pelo título, o que é uma surpresa muito bem vinda para um campeonato completamente dominado pela Juventus nos últimos anos. E, considerando que a reta final do Napoli é teoricamente mais tranquila, poderemos ver o Napoli campeão italiano pela primeira vez desde 1990.

Clássico na final da FA Cup

Será o último título da temporada. A final da Copa da Inglaterra será no dia 19 de maio, entre Chelsea e Manchester United. O United venceu o Tottenham de virada, enquanto o Chelsea passou pelo Southampton com mais tranquilidade.

Acho muito legal termos um clássico desses na final, mas aí vem aquela pergunta: quem precisa mais desse título? Honestamente, os dois. O United, pelo nível de investimento e a decepção na Champions, precisa terminar com um título. O Chelsea, por ser o atual campeão inglês e estar correndo o risco de ficar de fora da próxima UEFA Champions League – a Copa da Inglaterra pela salvaria um pouco da temporada.

No final das contas, acho a necessidade do United ligeiramente maior, mas o mais legal é que teremos um grande clássico para fechar a temporada antes do início da Copa do Mundo.

Dica de filme da semana 🎬

Essa semana, em homenagem ao novo filem do Vingadores que será lançado na quinta-feira, indico um dos melhores filmes do Universo Marvel: Guardiões da Galáxia. Além de ser completamente diferente de qualquer outro filme Marvel, é um bom filme para conhecer um pouco mais sobre Thanos, o grande vilão de Vingadores: Guerra Infinita. O filme é engraçado e tem muita ação – se você curte os filmes da Marvel e ainda não assistiu Guardiões da Galáxia, assista o quanto antes.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s