United adia a festa do City

Um jogo de dois tempos. Nos primeiros 45 minutos o Manchester City marcou dois gols, mas poderia ter marcado pelo menos quatro – tamanho foi o domínio dos Cityzens contra o seu grande rival.

No segundo tempo o United acordou e conseguiu uma virada incrível, para estragar a festa do título do seu rival.

Na quarta-feira o Manchester City levou 3 gols do Liverpool num espaço de 19 minutos. Hoje contra o Manchester United, o City conseguiu levar 3 gols num espaço de 16 minutos. Foi o pior tipo de derrota que o City poderia ter sofrido dias antes de tentar uma virada complicadíssima contra o Liverpool na Champions League.

O JOGO

O City começou o jogo com tudo e parecia mesmo que levantaria o troféu na cara do seu grande rival. Kompany abriu o placar com uma tijolada de cabeça e Gündogan fez o segundo num golaço. O time da cada ainda reclamou de um pênalti quando Ashley Young tocou a mão na bola dentro da sua própria área, mas o juizão não viu.

Sterling, que acabou sendo o grande vilão do jogo (ao lado de Ottamendi), perdeu dois gols na cara, além de uma outra ótima chance – fica o “título” de pior finalizador da Premier League.

No segundo tempo o United voltou bem melhor e pelo menos começou chutando no gol, algo que não fez no primeiro tempo. O City seguiu atacando, mas sem a eficiência necessária, e o United aproveitou.

Pogba e Sanchez lideraram a virada. Aos 8 minutos, numa linda troca de passes, Pogba marcou o primeiro. Dois minutos depois, num passe de Sanchez, Pogba aproveitou que Ottamendi ficou apenas olhando e empatou de cabeça. E, aos 23 minutos Smalling marcou de cabeça depois de mais um ótimo cruzamento de Sanchez e decretou uma incrível virada.

O City buscou pelo menos um empate, mas parou no melhor goleiro do mundo na atualidade (David de Gea) na trave (duas) ou em Sterling (tirou um gol certo do City, parte azar parte incompetência). Ainda teve mais um pedido de pênalti, novamente de Ashley Young, que deu um carrinho forte que pegou primeiro a bola mas logo depois atingiu o joelho de Aguero … mas o árbitro novamente não marcou nada.

O QUE PENSA O TORCEDOR!

O torcedor do United deve estar pensando “porque não podemos jogar como fizemos hoje no segundo tempo”? Agora é pegar o que fizeram hohe de exemplo e introduzir esse modelo para a próxima temporada.

Já o torcedor do City deve estar pensando “não só perdemos uma oportunidade de ouro de comemorar o título contra o nosso grande rival, mas fomos derrotados de forma desmoralizante três dias antes de tentarmos uma virada muito difícil”.

E AGORA?!

O City ainda será campeão inglês, mas a não ser que consiga uma classificação improvável na terça-feira contra os Reds, a temporada será uma decepção pois não vão lembrar apenas a campanha histórica na Premier League, mas a forma negativa em que a temporada terminou.

Para o United, depois desse desempenho excelente no segundo, fica a expectativa de uma temporada bem melhor, do tamanho que um gigante como o Manchester United merece.

HERÓI DO JOGO – Pogba, que marcou os dois primeiros gols do United e mostrou sua força no segundo tempo, dominando especialmente o Ottamendi.

VILÃO DO JOGO – Sterling. Além de perder dois gols claros no primeiro tempo, ainda atrapalhou um gol certo no final do jogo, que bateu nele e foi na trave de De Gea (teria entrado).

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s