Quase, Tottenham!

Uma partida incrível, digna da maior competição de clubes do mundo. A Juventus mostrou porque é um dos verdadeiros gigantes da Europa, e porque o Tottenham ainda precisa melhorar alguns pontos para realmente competir num palco desse tamanho (assim como o PSG).

Não tem a ver com a camisa pesada da Velha Senhora. Tem a ver com a experiência dos jogadores, que estão acostumados com a Champions League. Já os jogadores do Tottenham ainda precisam se acostumar um pouco mais com as grandes competições.

O Tottenham foi melhor quase o jogo todo, e saiu na frente com Son (baita atacante, mas muito individualista em vários momentos). Teve chances de ampliar mas parou na defesa da Juve e, em poucos minutos de domínio italiano, aproveitou e marcou dois gols em três minutos.

Esse tipo de coisa não pode acontecer nas oitavas de final da UEFA Champions League.

Essas são algumas coisas que precisam mudar para os Spurs realmente fazerem estrago na Europa.

1. Melhoria no parceiro de Dembele

O Mousa Dembele é um dos melhores volantes do mundo. É completo – marca, passa e dribla. Porém, seu parceiro Eric Dier não está a altura. O inglês era um grande potencial, tanto que o United tentou contratá-lo, mas ele nunca atingiu o nível que parecia que atingiria dois ou três anos atrás.

O Wanyama já acho melhor que Dier, mas o Tottenham precisa de um excelente volante defensivo para fazer parceria com Dembele.

2. As laterais

Quando o Tottenham vendeu Kyle Walker para o City, muitos disseram que não seria um problema pois Trippier era melhor … não consigo enxergar isso. Trippier tem potencial, mas (ainda) não está no nível do bom lateral Walker. Ele pode melhorar e na temporada podemos ver um Trippier muito melhor, mas hoje ele ainda é mediano, o que dificulta muito numa Champions.

Ben Davies também é um lateral decente, mas não apoia muito bem. Alguém como o Alaba melhoraria demais o lado esquerdo dos Spurs, e considerando que ele disse recentemente que consegue se ver em outro time, talvez seria uma ótima opção.

3. Son

Essa pode parecer um pouco estranha, pois Son vem jogando bem e marcando gols. Porém, se analisar bem o jogo, vemos que em MUITAS ocasiões o camisa 7 é muito individualista.

Esse time é do Harry Kane, então se ele estiver numa posição boa, ele precisa receber a bola. Só no jogo de ontem foram duas ou três ocasiões em que o sul-coreano optou pela jogada individual enquanto o craque do time estava em boa posição.

Se o Tottenham trazer um jogador para tomar conta da ponta esquerda e ter Son como uma excelente opção para sair do banco, o Tottenham melhoraria bastante.

4. Manter Kane e Pochettino

Esse é o mais importante. Nada vai valer se o clube não conseguir manter suas suas peças mais importantes. Se eles saírem, será um enorme passo para trás.

O Tottenham é um ótimo time, e está perto de subir para um próximo patamar … com poucas mudanças isso pode acontecer.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s