Não deu nem graça

O PSG ainda sonhava com uma virada a lá 1993, mas não deu nem graça contra o atual bi-campeão Real Madrid.

É claro que a tarefa tinha ficado ainda mais complicada com a ausência de Neymar, mas sua ausência deveria justamente dar um gás a mais para os jogadores do PSG … a realidade foi que os jogadores do Real Madrid entraram em campo com muito mais vontade.

Defensivamente o Real foi perfeito – nada passava pela zaga merengue. Os franceses nunca pareceream que seriam capazes de virar o jogo. Parecia que nem.os jogadores acreditavam numa classificação.

No final das contas, mais uma vitória do Real, dessa vez por 2×1, e mais uma classificação para as quartas de final da UEFA Champions League – a oitava seguida.

DESTAQUES POSITIVOS DO REAL

Todos os jogadores do Real merecem destaque positivo, mas se sobressaíram:

Cristiano Ronaldo – mais um gol (agora são 12 nessa edição da Champions), trabalhou os 90 minutos e mostrou porque chegou onde chegou – está decidindo quando precisa decidir.

Casemiro – atuação clássica do volante, que comandou o meio campo de forma perfeita. Foi recompensado com o segundo gol do Real.

Asensio e Vazquez – os garotos que começaram o jogo não decepcionaram. Participaram da criação do primeiro gol e voltaram para ajudar na marcação.

Ramos e Varane – duas torres. Atuação fantástica.

DESTAQUES POSITIVOS DO PSG

Areola – o goleirão foi, disparado, o melhor jogador do PSG. Não tinha o que fazer nos dois gols.

Marquinhos – o brasileiro é o único jogador de linha do PSG que pode sair de cabeça erguida. Fez o que pôde, mas seus companheiros (especialmente os laterais e meio campistas) não ajudaram.

DESTAQUES NEGATIVOS DO REAL

Benzema – o francês tem sido o ponto fraco do Real, e deve ser substituído ao fim de temporada.

DESTAQUES NEGATIVOS DO PSG

Praticamente todos, mas os piores foram:

Verratti – o esquentadinho acabou com qualquer chance de vitória com sua expulsão mais que infantil.

Rabiot – errou passes importantes e não conseguiu participar do jogo.

Daniel Alves – seus problemas defensivos custaram. Ele nunca foi um mestre na defesa, mas hoje foi mal demais.

O trio ofensivo – Mbappé, Di Maria e Cavani mal levaram perigo a meta de Navas. É claro que tem a ver também com a atuação defensica do Real, mas um trio desse precisa conseguir criar mais, e hoje foi criatividade (quase) zero.

Classificação mais que merecida do Real, e para o PSG resta o futebol francês. Na realidade, deveriam já começar a pensar na próxima temporada, que deve ser sem Unai Emery no comando – o treinador acabou sendo uma enorme decepção, sem criatividade alguma na armação do time, além de quase sempre mexer mal durante o jogo.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s