Messi 600, City incrível, Arsenal pior de 2018, e mais

Grande fim de semana de futebol. Isso foi o que de melhor aconteceu.

600 gols de Messi

Lionel Messi atingiu mais uma marca histórica – 600 gols na carreira. O Argentino chegou a marca com o gol da vitória contra o Atlético de Madrid no domingo … vitória que encaminhou o título do Campeonato Espanhol para o Barcelona.

300 gols de CR7

Messi não foi o único a atingir uma grande marca no fim de semana. Cristiano Ronaldo chegou aos 300 gols em La Liga, apenas o segundo jogador a atingir essa marca (Messi sendo o outro). Porém, o que impressiona é o fato do português ter precisado de apenas 286 jogos para isso – nunca um jogador atingiu esse número em uma das grandes ligas européias com média de mais de um gol por partida.

Estão acabando oa adjetivos para esses dois monstros!

Incrível Manchester City

Esse City de Guardiola realmente encanta. É um time que sabe derrotar seus adversários, e sempre jogando um futebol atraente e, mais importante, do seu jeito. Depois de destruir o Arsenal duas vezes em quatro dias, foi a vez do Chelsea sentir o que é esse City atual.

Apesar do placar ter sido apenas 1×0 (Bernardo Silva marcou de novo), o City bem correu perigo. Foram 13 chances criadas pelos Cityzens contra apenas 3 do Chelsea (nenhuma no gol). Posse de bola de mais de 70% e mais de 900 passes trocados, contra 320 dos Blues.

Arsenal é o pior inglês de 2018

Depois das humilhações sofridas contra o City, o Arsenal tinha uma ótima chance de voltar ao caminho da vitória contra o Brighton, que era o 13° colocado … mas, estamos falando do Arsenal de Wenger. O time perdeu por 2×1 e é o time da Premier League que mais perdeu jogos em 2018 – 14 partidas, 8 derrotas e 2 empates. Uma VERGONHA!

Nos últimos seis jogos foram cinco derrotas e uma vitória, sendo que essa vitória veio contra o possante Ostersunds pela UEFA Europa League.

Conte perdido

O treinador do Chelsea parece estar perdido no comando dos Blues. De novo ele entrou com Pedro (e as vezes Hazard) fazendo o trabalho de falso 9. Além disso, entrou com uma postura ultra defensiva que parecia o ônibus de Jose Mourinho.

A sensação era que o treinador só não queria ser goleado pelo City, o que é um pensamento minúsculo para o Chelsea. Como alguém consegue explicar Conte colocar Morata aos 45 do segundo tempo? Parece uma substituição para perder tempo, e não vencer a partida.

O Chelsea está agora cinco pontos atrás do Tottenham, quarto colocado. É muito possível que o clube terá sua segunda temporada em três anos sem Champions League para disputar.

Astori

Vale, é claro, uma homenagem a Davide Astori, capitão da Fiorentina que falaceu com apenas 31 anos de idade. Isso mostra a fragilidade que é a nossa vida, quando um atleta em excelentes condições físicas morre de uma (aparente) parada cardíaca. Descanse em paz!

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s