Tottenham sofre desnecessariamente, mas vence o dérbi

Do primeiro tempo nem vou falar – fraquissimo. Mas o Tottenham, diante de mais de 83.000 torcedores (o maior público da era Premier League), voltou para o segundo tempo disposto a mostrar sua superioridade perante seu maior rival … e mostrou.

Com menos de cinco minutos o furacão Harry Kane abriu o placar … subiu no meio de três jogadores do Arsenal e cabeceou no canto, sem chances para Petr Cech – 1×0. Wenger e alguns jogadores dos Gunners reclamaram de um empurrão de Kane, que claramente não aconteceu.

O gol desnorteou o Arsenal, e o Tottenham teve chance atrás de chance de matar o jogo, mas desperdiçou todas. Enquanto isso, os tais “craques” do Arsenal andavam em campo. Ozil e Mkhitaryan foram horrorosos, Elneny e Xhaka inúteis, e Aubemayang não conseguiu influenciar a partida.

Wenger corrigiu o erro de ter começado com Elneny (e Auba isolado na frente), e trocou o egípcio por Lacazette, formando a dupla de ataque Aubameyang – Lacazette que muitos queriam ver … mas acabou não dando em nada.

Com tantas chances perdidas do Tottenham (poderia facilmente ter sido 4×0), Wenger arriscou tudo e colocou seu time no ataque nos últimos minutos, e acabou criando duas excelentes chances para Lacazette nos últimos minutos, mas o francês desperdiçou de forma terrível.

Se o Arsenal tivesse empatado, teria sido muito injusto pois o Tottenham dominou as ações, mas sabemos que o futebol nem sempre é merecimento. Porém, hoje a vitória dos Spurs foi 100% merecida.

Ficou clara a superioridade tática do Tottenham de Mauricio Pochettino. Mesmo os jogadores que estão mal em jogos (como hoje foram os casos de Dele Alli e Son) parecem querer muito mais a bola. Você não vê um jogador sequer do Tottenham tirando o pé de uma dividida, enquanto jogadores como Ozil, Elneny, Mkhitaryan, Aubameyang e Lacazette muitas vezes nem vão para as divididas.

Para o torcedor do Arsenal deve ser muito decepcionante ver seus jogadores quase sem vontade em campo … sem parecer dar 100% … especialmente num jogo com o seu maior rival.

Para o torcedor do Tottenham, uma vitória no North London Derby é sempre muito bem vinda, mas a quantidade de gols perdidos é preocupante. Se isso acontecer nas oitavas de final da UEFA Champions League contra a Juventus, um time que está encontrando seu melhor futebol, será difícil os Spurs conseguirem a classificação.

Com a vitória o Tottenham assume, ao menos temporariamente, a terceira colocação, e abre sete pontos para seu rival Arsenal, que vê o G4 ficar cada vez mais distante. A cada jogo que passa, parece que se o Arsenal quiser voltar para a UEFA Champions League na próxima temporada, terá que ser como o Manchester United fez na última temporada: vencendo a UEFA Europa League.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s