Principais negócios da janela de transferências de janeiro

Essa janela de transferências de janeiro foi a mais movimentada que já vi, não só pelos valores gastos, mas pelos jogadores que mudaram de time – essa janela costuma ser até meio sem graça.

Essas foram as principais transferências de janeiro (não estou incluindo empréstimos).

Philippe Coutinho – €120 milhões (+€40 milhões em possíveis extras)

A maior transferência da janela. O brasileiro deixou claro que queria muito ir para o Barcelona, e o Liverpool acabou liberando.

Pierre-Emerick Aubameyang – €63 milhões

Chegou no último dia. Para mim, chega para elevar o patamar do Arsenal – excelente contratação.

Alexis Sanchez – troca por Mkhitaryan

O novo camisa 7 do United. Chega com o (disparado) maior salário do clube, o que pode desestabilizar outros jogadores.

Henrikh Mkhitaryan – troca por Sanchez

A reunião do armênio com seu antigo colega (de Dortmund) Aubameyang pode dar bons frutos aos Gunners.

Aymeric Laporte – €65 milhões

Chegou para completar a defesa do City. Laporte tem o potencial para ser um dos melhores zagueiros do mundo – excelente contratação.

Virgil van Dijk – £75 milhões

O zagueiro mais caro da história. Chega para arrumar a problemática defesa do Liverpool.

Iñigo Martínez – €32 milhões

Assim que Laporte foi vendido, o Athletic Bilbao foi ao seu grande rival (Real Sociedad) e pagou a multa rescisória de Martínez.

Yerry Mina – €11,8 milhões

Era para ir apenas depois da Copa, mas o Barcelona pagou um extra ao Palmeiras para o zagueiro ir agora, para suprir a saída de Mascherano.

Javier Mascherano – na Espanha dizem €10 milhões, no Hebei China Fortune dizem €5,5

Com poucas oportunidades de jogo, em ano de Copa do Mundo, el Jefito decidiu sair e foi vendido para o Hebei China Fortune. Fez história no Barcelona.

Lucas Moura – €28 milhões

Encostado no PSG, Lucas chegou ao Tottenham no último dia da janela para qualificar o elenco, especialmente para a Champions League.

Emerson Palmieri – £17,5 milhões (+£7 milhões em possíveis extras)

O brasileiro naturalizado italiano chega ao Chelsea para competir com Marcos Alonso por uma vaga na lateral-esquerda. Contratação da diretoria, e não de Conte – o próprio treinador disse que não sabe muito de Palmieri.

Cédric Bakambu – £35 milhões

O atacante saiu do Villareal para o Beijing Guoan para ser um dos jogadores mais bem pagorms do mundo. Mesmo após um excelente início do temporada (ele ainda tem mais gols que Cristiano Ronaldo na temporada do Espanhol), Bakambu decidiu fazer o seu “pé de meia”.

Olivier Giroud – £16 milhões

Depois do Chelsea tentar vários centroavantes para a reserva de Morata (Peter Crouch, Andy Carroll e outros), conseguiu fechar com o sólido atacante francês. Muito boa contratação.

Theo Walcott – €20 milhões

Drpois de 12 anos no Arsenal, Walcott foi atrás de tempo am campo, e deve ter no Everton. Vendeu por mais do que pagou, então bom negócio para o Arsenal.

Ross Barkley – £15 milhões

Mais um que vem sem o aval de Conte. Pelo preço talvez valha a aposta (o Chelsea estava disposto a pagar £35 milhões seis meses atrás), mas historicamente é um jogador problemático.

Vale mencionar aquela transferência que era para acontecer mas pelo ridículo exigido pelo clube, não aconteceu: Riyad Mahrez para o Manchester City. O Leicester pediu absurdos £95 milhões pelo meia!

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s