Arbitragem desastrosa marca grande jogo no Mestalla

Era o jogo mais aguardado do fim de semana na Espanha – líder vs vice-líder. O Barcelona, com o melhor início da história do Campeonato Espanhol, e o retorno do Valencia a elite espanhola. 

O Barça, que vinha de um empate morno contra a Juventus na Champions, entrou para dominar as ações … e fez isso durante quase todo o primeiro tempo (o time trocou mais de 400 passes nos primeiros 45 minutos).

Aos 30 minutos o Barcelona marcou o primeiro gol num chute de Messi, em que o goleiro brasileiro Neto falhou feio. A bola passou no meio das pernas de Neto e pingou bem dentro do gol (veja na imagem acima) … tanto que todos os jogadores do Barcelona foram comemorar. 

Mas inexplicavelmente ninguém da arbitragem viu e deixou a jogada seguir. Foi um daqueles erros tão absurdos que realmente não têm como serem explicados – fica cada vez mais claro que o futebol precisa do árbitro de vídeo (em La Liga começará na próxima temporada).

Com isso, o primeiro tempo ficou no zero. No segundo tempo o Valencia voltou mais agressivo e com 15 minutos abriu o placar com Rodrigo Moreno. 

Rodrigo comemora o gol contra o Barcelona com uma peruca laranja

O Barcelona seguiu correndo atrás do seu gol com Messi e Iniesta liderando as chances, mas Luis Suarez fez mais uma partida horrorosa e quebrou vários ataques promissores com seu péssimo posicionamento (ficou 5 vezes impedido).

Ernesto Valverde introduziu Deulofeu no lugar de Rakitic para buscar o empate, mas o atacante não acertou um passe sequer, não conseguiu driblar ninguém e ficou impedido algumas vezes. Foi uma atuação para definir o papel mais limitado que Deulofeu deve ter.

Aos 37 do segundo tempo Messi fez um lançamento majestroso para Alba, que empatou a partida e garantiu um ponto ao líder. 

Alba comemora o gol de empate contra o Valencia

Com as vitórias de Atlético de Madrid e Real Madrid no sábado, a diferença caiu para oito pontos … o Valencia segue quatro atrás do Barcelona, na segunda colocação. 

Destaques positivos

Messi foi o jogador mais perigoso do Barcelona, junto com Iniesta e Alba. Paulinho foi muito bem nos desarmes mas não conseguiu chegar com perigo ao ataque. Umiti foi um monstro na defesa – está se tornando em um dos melhores do mundo.

Do lado do Valencia, Gonçalo Guedes (enprestado do PSG) mostrou que tem talento para se tornar um grande jogador no cenário europeu … foi, sem dúvida, o melhor do Valencia em campo. A defesa como um todo também foi bem, muito organizada e focada, liderados por Garat.

Destaques negativos

Além da arbitragem, Luis Suarez e Deulofeu foram simplesmente terríveis. Se o Barcelona tivesse um atacante reserva decente, seria interessante deixar Suarez no banco por pelo uma ou duas partidas, pois não está jogando nada. Já Deulofeu mostrou que realmente não tem futebol para vestir a camisa do Barcelona.

Pelo Valencia, Simone Zaza (vice artilheiro do campeonato) tentou mas não acertou nada, além de perder a bola várias vezes. O jovem Carlos Soler também tentou mas não ganhou uma no um contra um.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s