Wenger manda mensagem clara: não venha ao Arsenal pois não vai jogar

A derrota do Arsenal para o Manchester City, fora de casa, já era esperada. O que não era esperado era ver o melhor atacante do Arsenal no banco para enfrentar o melhor time da Premier League. 

Alexandre Lacazette chegou ao Arsenal no meio do ano por €53 milhões, a contratação mais cara da história do clube londrino. Quando esse jogador começa bem a temporada e é o artilheiro do time após dez rodadas, é meio que óbvio que esse jogador vai começar jogando todos os jogos mais importantes … só não é óbvio para Arsène Wenger. 

O treinador escolheu deixar Lacazette no banco e começar com jogadores extremamente desmotivados (Ozil e Sanchez já decidiram que vão sair do clube ao fim da temporada) e inferiores (Iwobi). Bom, sabemos do resultado: uma quarta derrota fora de casa no Campeonato Inglês. 

Mesmo com Lacazette em campo, o Arsenal provavelmente teria perdido de qualquer maneira pois o City é muito mais forte, mas o grande problema é a mensagem que isso manda para qualquer atleta que o clube queira contratar nas próximas janelas de transferências: Enquanto Wenger estiver no comando nem adianta vir, pois Wenger vai acabar escalando jogadores inferiores de qualquer maneira!

Wenger não é nem uma sombra daquele Wenger de 10 anos atrás

Sem dúvida, isso acaba sendo extremamente frustrante para os próprios atletas, que vêm um jogador como Ozil, que mal anda em campo, jogando os 90 minutos. Ou ver Alexis Sanchez, que obviamente já tomou a decisão de deixar o clube e não está mais nem aí, seguir jogando tanto. 

Aliás, que erro absurdo não vender Sanchez em julho, e manter um jogador que não quer estar lá – todos sabiam o que aconteceria, menos Wenger … mas isso é assunto para um outro post.

Voltando a mensagem … com esse tipo de postura, o Arsenal terá mais dificuldade ainda de conseguir trazer jogadores capazes de colocar o clube de volta no topo. 

O resultado? Wenger, que elevou o clube na sua primeira década no Arsenal, vai colocando o Arsenal de volta num patamar claramente inferior aos grandes da Inglaterra, sem chance de sequer brigar pelos títulos mais importantes, a Premier League e a Champions League. 

Acorda Arsenal, está ficando tarde demais.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s