Gabriel Jesus marca dois no Allianz Parque e Brasil fecha com um 3×0 contra o Chile, mas dois problemas são evidenciados

A Seleção Brasileira venceu o Chile com tranquilidade – três gols no segundo tempo, um com uma bela ajuda do goleiro Claudio Bravo (reserva de Ederson no Manchester City) que Paulinho aproveitou, e os outros dois pelo garoto da casa, Gabriel Jesus.

O Brasil fazia uma partida sem graça, mas segura, até o gol da Paulinho no início do segundo tempo. A partir daí a seleção passou a dominar completamente o Chile e logo marcou o segundo.

No desespero do Chile de marcar um gol no final da partida para ficar com a vaga na repescagem, o goleiro Bravo foi a área do Brasil num escanteio. Willian pegou o rebote e lançou Gabriel Jesus, que entrou com bola e tudo e ajudou o Brasil a fechar as eliminatórias com um belo resultado. 

Gabriel Jesus entra com bola e tudo no terceiro gol do Brasil

O resultado não foi surpresa, mas esse último jogo das eliminatórias evidenciou dois problemas que a seleção já vem mostrando.

Renato Augusto 

Um dos “queridinhos de Tite” está fazendo hora extra como titular dessa seleção. O fato dele disputar uma liga tão horrorosa está começando a ficar evidente, e já passou da hora de Tite sacá-lo.

O ex-Corinthians está muito abaixo dos outros jogadores da Seleção Brasileira. Willian já mostrou que pode jogar bem no lugar de Renato com uma mudança tática, e até mesmo Fernandinho seria uma opção bem melhor. 

Se Tite manter Renato Augusto, não tenho dúvidas que irá se arrepender – e isso pode acabar sendo decisivo.

Neymar

Ninguém discute o talento do camisa 10 da Seleção Brasileira, mas como já estamos vendo há algum tempo, sua atitude está cada vez mais preocupante – impossível entender como todos da TV Globo dizem que Neymar está maduro … que brincadeira!!!

O jogo de hoje não valia nada para o Brasil, e mesmo assim o nervosinho Neymar conseguiu levar mais um cartão amarelo e se envolver em problemas com jogadores chilenos. 

Ele segura demais a bola e fica tentando provocar faltas inúteis no meio do campo … e depois ainda reclama por receber as faltas. Numa dessas ele revida alguma entrada e leva o segundo amarelo.

Além disso, Neymar continua sendo fominha em vários instantes do jogo. Fica cada vez mais claro que ele quer fazer tudo e parece se preocupar mais com o individual do que com o coletivo (ressalva para o segundo gol, onde Neymar dominou um lançamento com toda sua categoria e passou para Gabriel Jesus finalizar). 

Sendo que no PSG parece que também será assim, o melhor jogador do Brasil pode acabar sendo um problema na Copa se ele, de fato, não amadurecer e se tornar um líder desse time.

O Brasil volta a campo no mês que vem com amistosos contra o Japão (na França!) e contra a Inglaterra em Londres.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s