O previsível problema de Neymar no PSG chegou cedo

Todos nós sabíamos que Neymar trocou o Barcelona pelo PSG não para ganhar títulos, mas sim para ser o dono do time e talvez ganhar a tão sonhada Bola de Ouro.

Sabíamos também que Cavani havia demorado para se tornar o cara do PSG (precisou esperar Ibra sair) e não abriria mão disso tão facilmente.

O surpreendente é que levaram apenas cinco partidas para os problemas aparecerem. 

No jogo de domingo entre o PSG e o Lyon, que os perisienses vencerem com dois gols contra, primeiro Cavani quis cobrar uma falta onde Daniel Alves escondeu a bola do uruguaio e a deu para Naymar, e depois Neymar quis bater um pênalti e Cavani não deixou (vale ressaltar que Neymar é o cobrador oficial de faltas e Cavani de pênaltis). Problema!

Paulo Cobos, jornalista da ESPN, levantou os números que provam que existe, de fato, um problema entre Neymar e Cavani. No primeiro jogo os dois passaram a bola um para outro um total de 16 vezes. Nos próximos quatro, as mesmas 16 vezes.

Fica claro que com esse tipo de atitude, nem Neymar nem Cavani tem como principal meta o sucesso do time, e sim o sucesso individual. Para qualquer atleta de um esporte coletivo, o sucesso do time deveria ver primeiro. Aqui, não parecendo ser o caso, quem perde com isso é o PSG, que terá de lidar com dois jogadores que querem aparecer demais. 

E, para piorar a situação do PSG, o time tem um treinador que parece ser incapaz de resolver a situação. Unai Emery tem a obrigação de, no primeiro treino depois do jogo contra o Lyon, conversar com os dois e esclarecer na hora quem é o batedor de faltas e quem é o batedor de pênaltis … ponto!

Ao invés disso, Emery disse em coletiva que deixará os dois resolverem a situação entre eles. Se não estivéssemos falando de dois jogadores com esse tipo de ego, que se preocupam demais com o individual, talvez eles mesmos conseguiriam resolver … mas não é o caso.

Claro que, mesmo se Emery tentasse resolver isso com os dois, correria o risco de sair perdendo. Digo isso pois o clube não vai arriscar criar um problema com a contratação mais cara da história do futebol, especialmente sendo que o treinador já não vem fazendo um grande trabalho.

De qualquer maneira que olharmos para a situação, me parece ser uma onde o grande perdedor será o PSG. Vale lembrar que depois da discussão entre os dois antes do pênalti, Cavani errou a penalidade. Será que a discussão não atrapalhou o uruguaio ao cobrar o pênalti? E se o PSG tivesse precisado do pênalti para vencer o jogo?

Algo me diz que esse não será o último capítulo dessa novela. O que acha?

Até a próxima …

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s