A Seleção Bagunça do ano passado é apenas uma distante memória

Mais um jogo de eliminatórias, mais uma vitória tranquila. A diferença é que essa garantiu a vaga da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do ano que vem – primeira seleção a garantir a classificação.

É simplesmente incrível pensar que oito rodadas de eliminatórias atrás o Brasil estava na sexta colocação, com boa parte do povo brasileiro acreditando que o Brasil não se classificaria para a Copa da Rússia (alguns até torcendo para isso).

Hoje Tite transformou esse grupo no melhor time da atualidade. Taticamente o Brasil tem sido perfeito, com a mesma solidez defensiva que vimos nos tempos de Corinthians, e um ataque criativo, com bastante movimentação.

O trabalho dele de relacionamento com os jogadores também precisa ser muito elogiado. É muito claro o respeito que todos tem por Tite … e todos parecem genuinamente gostar dele. É um verdadeiro líder.

Ver jogadores como Miranda, Paulinho e Gabriel Jesus jogarem como vêm jogando sob o comando de Tite é sensacional.

Porém, talvez o maior triunfo do treinador tem sido seu trabalho com o craque do time, Neymar.

Todos nós lembramos da atitude do atacante do Barcelona antes da chegada de Tite. Sempre nervoso, tentando fazer demais. Levava cartões bestas e acabava prejudicando o time – escrevi sobre isso aqui.

Hoje ele está jogando talvez o melhor futebol da sua carreira – mais maduro, mais direto, e sem perder a cabeça. 

Naturalmente, Tite ainda sofre algumas críticas, inclusive minhas.

As convocações de Fagner e Gil não fazem sentido algum, com jogadores como Mariano, Fabinho, Jemerson e David Luiz merecendo a chamada. O mesmo vale para o mediano goleiro Weverton, que fica com o lugar do ótimo Diego Alves.

Não concordo com a escalação de Alisson como titular (Diego Alves e Ederson são melhores), mas até o momento não fez diferença devido a solidez defensiva que mencionei acima.

Também não curto a titularidade de jogadores da China (Renato Augusto e Paulinho), apesar de que depois das duas excelentes partidas que Paulinho fez contra Uruguai e Paraguai, ficaria difícil tirá-lo do time agora – é incrível como Paulinho é outro com Tite.

Com uma sequência incrível como essa, a sensação é que hoje o Brasil ganharia de qualquer time (confira meu ranking aqui).

Muitos comentaristas dizem que o Brasil ainda precisa se provar em um torneio de peso para ser considerada a melhor do mundo – não faz sentido algum.

Se formos considerar quem ganhou os últimos torneios importantes, Portugal e Chile são os melhores do mundo – será que alguém acredita nisso?

Futebol, além de talento, é momento e organização tática, e hoje o Brasil vive o melhor momento entre as principais seleções do mundo, e é a mais organizada taticamente.

Sei que são os jogadores que entram em campo, defendem e marcam os gols. Mas Tite provou que se não tem um bom treinador, um time não vai a lugar nenhum.

Parabéns pelo trabalho Adenor, não só o melhor treinador brasileiro, mas um dos melhores do mundo.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s