Humilhação em Paris

4×0

É isso mesmo. 4×0 … fora o show.

O PSG não tomou conhecimento do Barcelona e dominou o jogo de forma impressionante, praticamente liquidando a fatura.

A maior diferença foi a vontade. Em todas as bolas era claro que o PSG simplesmente queria mais.

Ganhava todas as divididas. Até bolas que eram bem mais para o jogador do Barcelona, o PSG levava. Foi um show do time de Unai Emery. 

Comemoração do técnico Unai Emery

O único que tentou alguma coisa foi Neymar, que buscou um pouco mais as jogadas individuais. Suárez foi completamente sumido. Messi perdia todas e errava passes, assim como Iniesta. E, está claro que Andre Gomes ainda não tem futebol para jogar no Barcelona.

O craque argentino não parecia si mesmo

Do lado francês, Draxler ganhava todas as jogadas individuais, Di Maria foi um monstro com dois golaços, Cavani não parava (são 34 gols em 32 jogos), Verratti dominou o meio campo, Marquinhos foi um xerife. Foi um domínio total.

Di Maria marcando seu segundo golaço do jogo

Em duas semanas teremos o jogo de volta no Camp Nou. É claro que no futebol tudo é possível e o Barcelona tem time para reverter, mas seria loucura apostar numa classificação blaugrana.

No outro jogo do dia o Benfica aproveitou gols perdidos por Aubameyang (incluindo um pênalti) e venceu o Dortmund por 1×0 em casa.

Parabéns ao PSG pelo show.

Luis Enrique, você tem muito trabalho pela frente.

Até a próxima …

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s