Será Jesus o começo do fim de Sergio Agüero no City?

Nos últimos anos era possível pensar no time titular do Manchester City sem Sergio Kun Agüero? Claro que não!

Na verdade, até poucos dias atrás era impossível imaginar isso (acho que nem os pais de Gabriel Jesus poderiam imaginar). Afinal, estamos falando de um dos melhores atacantes do mundo, que seria titular em quase qualquer time do mundo.

Desde que Agüero chegou do Atlético de Madrid ao Manchester City em 2011, já são mais de 150 gols pelo clube em pouco mais de 230 partidas, incluindo aquele gol inesquecível no último jogo da temporada 2011-2012, aos 48 minutos do segundo tempo contra o Queens Park Rangers, que garantiu o primeiro título inglês do City em 44 anos.

Mas hoje, depois do incrível começo de Gabriel Jesus, já conseguimos imaginar o time titular do City sem o argentino … ainda mais com Guardiola no comando.

O catalão nunca escondeu que quer atacantes móveis que não só pressionam a saída de bola do adversário, mas voltam para recompor a defesa e também para ajudar na criação de jogadas.

É claro que um jogador do nível do Agüero tem total capacidade de adaptar seu jogo – já vimos isso com muitos grandes jogadores. Inclusive, o próprio Agüero já disse que agora precisa observar e aprender.

“Eu tenho três meses para fazer o meu melhor e tentar ajudar o time e aí veremos o que acontece no futuro. As vezes essas coisas acontecem. Quando você está no banco, você precisa esperar uma oportunidade,” disse Agüero. 

Ele disse também que nesses três meses “quer ajudar o time o quanto puder. Depois vemos o que o clube quer fazer comigo.”

Fica claro que se Agüero continuar no banco, ele tentará sair ao fim da temporada. 

David Mooney da ESPN escreveu que sempre houve algo um pouco estranho entre Agüero e Pep Guardiola, e eu tenho a mesma sensação.

Pep já disse que “espera mais de Agüero,” não só um marcador de gols.

Conforme o mesmo David Mooney disse, tudo isso pode servir de inspiração para o argentino. Talvez ele use esse momento difícil para realmente ampliar seu jogo e reconquistar seu lugar no time titular, algo que eu acho que vai acabar acontecendo pela pura qualidade do argentino. 

Pode ser que Gabriel Jesus e Agüero formem uma dupla incrível até o fim da temporada. 

Porém, eu não ficaria nem um pouco surpreso de ver o City vender o argentino por mais de £60 milhões ao fim da temporada (ele ainda tem apenas 28 anos e times como o Real Madrid e PSG já estão monitorando a situação) e trazer jogadores mais do “estilo de Guardiola.”

O Manchester City esperou anos para contratar o ex-treinador do Barcelona, então podemos ter certeza que se ele quiser vender, vão vender.

O catalão tem carta branca para montar o seu time, e se ele achar que o time fica melhor sem Agüero … 

O próximo jogo do City será na segunda-feira às 18h contra o Bournemouth – vamos ver o que acontece. 

Até a próxima …

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s