Real sofre mas é campeão mundial de clubes

Em jogo eletrizante de duas viradas, o Real Madrid precisou de uma prorrogação (e uma pequena ajuda da arbitragem) para garantir o título.

Benzema marca o primeiro gol do jogo

O time de Zidane abriu o placar logo aos oito minutos com Benzema. Parecia que seria uma vitória tranquila dos espanhóis, mas o Kashima Antlers deixou bem claro qur veio pra jogar, e criou boas chances.
No final do primeiro tempo Shibasaki aproveitou falha de Varane e empatou o jogo. 

Shibasaki empata a final

O segundo tempo começou com tudo e logo aos sete minutos o mesmo Shibasaki marcou num belo tiro de fora da área. Era o gol da virada dos japoneses.

Mas, foi aí que CR7 começou a virada merengue. Cristiano Ronaldo marcou da marca do pênalti e empatou a partida.

Daí pareceu que a partida encaminharia para a prorrogação, e foi justamente isso que aconteceu, mas não antes de uma lambança da arbitragem.

Sergio Ramos, que já tinha cartão amarelo, parou um contra-ataque do Kashima e deveria ter levado o segundo amarelo, mas foi o juiz que amarelou e não tirou o amarelo do bolso.

Isso poderia ter mudado o jogo pois o Real teria jogado a prorrogação com um a menos.

CR7 define o jogo na prorrogação

Mas, isso não aconteceu e Cristiano Ronaldo decidiu a partida com dois gols no primeiro tempo da prorrogação, garantindo a vitória por 4×2 e o título do Mundial de Clubes da FIFA.
Foi uma vitória mais dura que se imaginava, mas no fim das contas o esperado aconteceu.

Até a próxima …

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s