Muitas dúvidas para Guardiola antes do jogo contra o Leicester

Neste sábado o Manchester City visita o atual campeão inglês Leicester. A princípio, parece ser um jogo relativamente tranquilo para o City considerando a posição do Leicester na tabela – 16° colocado, apenas dois pontos fora da zona de rebaixamento.

Mas, o momento atual do City também não é dos melhores. O time vem de um empate em casa contra o fraco Celtic pela Champions League, e daquela derrota constrangedora para o Chelsea por 3×1. Além disso, tem as suspensões de Aguero e Fernandinho, e a lesão de Sterling. Qual time será que Guardiola vai colocar em campo?

No lugar de Fernandinho, a escolha natural seria Fernando. Porém, considerando o bom momento de Yaya Toure, talvez Guardiola queira arriscar e deixar o time um pouco mais exposto defensivamente, mas mais forte no lado ofensivo.

Uma outra opção seria usar Toure ao lado de Fernando, e jogar com Gündogan em uma das pontas no meio de um 3-4-3, com David Silva na outra ponta. 

Na frente, Iheanacho deve entrar no lugar de Aguero, mas Guardiola pode optar por Nolito na frente, sendo que o espanhol já jogou nessa posição pelo Celta e também pelo seleção espanhola.

Para completar o ataque (além de De Bruyne), Guardiola pode ir com Sane, Navas, ou o próprio Nolito.

São muitas opções, e Guardiola sabe que não pode correr o risco de errar e perder pontos, ficando ainda mais distante dos líderes. Eu iria com essa escalação:

Acho que Sané não vem aproveitando as oportunidades, e Navas não tem qualidade suficiente para jogar nesse time – ele é muito rápido e chega bem na linha da fundo, mas não acerta um cruzamento e não leva perigo ao gol adversário. Por isso, acho Nolito a melhor opção.

No meio, acho que com as ausências, Guardiola não pode abrir mão da qualidade de Toure.

Com tudo isso, é claro que não podemos esquecer que o Leicester precisa de um bom resultado mais ainda que o City, o que torna esse jogo mais perigoso.

Esse seria um jogo onde Gabriel Jesus ajudaria demais, pois poderia jogar tanto na liderança do ataque quanto em uma das pontas, dando mais opções ao técnico espanhol. Daqui a pouco Guardiola já terá o brasileiro a sua disposição.

Bom, veremos o que Guardiola vai decidir, e se o City consegue uma vitória que (hoje) virou uma obrigação.

Até a próxima …

2 comentários

  1. O desempenho do City, e consequentemente do Guardiola, realmente tem sido uma decepção nesta temporada. Ainda há tempo do time se redimir, mas esse tempo está acabando. Obrigação saírem com 3 pontos desse jogo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s