O grande clássico chegou – Brasil x Argentina no Mineirão

Amanhã a Seleção Brasileira retorna ao palco da pior derrota de sua história, contra o seu maior adversário: Argentina.

O Brasil está em primeiro nas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, enquanto a Argentina caiu para a sexta colocação. O técnico da Argentina, Edgardo Bauza, sabe que uma derrota será terrível, podendo cair para a sétima colocação com um resultado negativo.

Mesmo considerando o grande momento brasileiro (e o momento negativo da Argentina), sendo o clássico que é, sabemos que qualquer resultado é possível entre Brasil e Argentina. Porém, existem outras razões para os argentinos chegarem com esperança de um resultado positivo.

1. O retorno de Messi

Depois de ficar fora dos últimos jogos da seleção argentina por lesão, la pulga voltou, e voltou bem demais. Está no nível que ficamos acostumados a ver, e isso nunca é uma boa notícia para seus adversários. Daniel Alves sabe melhor que qualquer um do que Messi é capaz. Afinal, ninguém deu mais passes para gols de Messi que o lateral brasileiro.

2. A ausência de Casemiro

No último ano o volante se tornou peça fundamental do Real Madrid de Zidane, e hoje já ficou claro que o ex jogador do São Paulo não tem substituto a altura na Seleção Brasileira. Sem Casemiro, o time de Tite fica mais exposto, e considerando o nível dos jogadores argentinos do meio pra frente, sua ausência pode ser sentida.

3. Paulinho deve permanecer titular

Já escrevi aqui algumas vezes sobre isso, mas Paulinho continua tendo a confiança de Tite. O jogador do Guangzhou Evergrande já mostrou que não tem mais futebol para a Seleção Brasileira, só Tite ainda não enxergou essa. Mas, num mundo onde Donald Trump é presidente dos Estados Unidos, isso não deveria me surpreender.

4. Alisson também deve

O ex goleiro do Internacional não é ruim, mas como qualquer atleta, ele precisa de ritmo de jogo. Isso fica difícil quando o jogador não é titular do seu time, que é exatamente o caso de Alisson na Roma. Se não tivesse outra opção, tudo bem. Mas, tem o Diego Alves, do Valencia, que já é o melhor goleiro brasileiro há anos. Já passou da hora né?

5. A fase de Higuain

O atacante da Juventus realmente não tem conseguido duplicar suas atuações de clube na sua seleção. Porém, depois de um começo relativamente quieto pela Juve, Pipita está jogando muito bem e deve levar perigo a meta brasileira.

Com tudo isso, ainda acho o Brasil favorito, mas uma hora o time de Tite vai perder, e esse time da Argentina tem talento de sobra, além do jogador que é mais capaz de desequilibrar uma partida, para conseguir um bom resultado.

Veremos o que acontece … só sei que será imperdível.

Até a próxima …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s