Talvez a última chance para duas ex promessas do futebol brasileiro fazerem sua marca na Europa

Paulo Henrique Ganso e Alexandre Pato – dois jogadores de 26 anos, que quando surgiram eram vistos como parte de um grande futuro da seleção brasileira, e com o passar do tempo se tornaram eternas promessas. Hoje, vistos apenas como apostas, têm talvez a última chance de fazerem uma carreira na Europa.

Ganso chegou com tudo em 2010, quando liderou o Santos ao título do Campeonato Paulista e demonstrou uma maturidade de veterano. Na época, ele era visto como o próximo camisa 10 da seleção – seria dono da camisa pelos próximos dez anos. Muitos (inclusive eu) achavam que Ganso teria mais sucesso que Neymar, seu grande companheiro da época, e que deveria até ter sido convocado para a Copa do Mundo de 2010.

Mas, Ganso começou a sofrer com lesões e, quando jogava, não demonstrava muita vontade de estar em campo. A torcida reclamava de sua postura, quase sempre andando em campo.

Nunca escondeu sua vontade de jogar na Europa, mas times grandes nunca vieram atrás do meia. Até agora.

Jorge Sampaoli, novo técnico do Sevilla, é admirador do futebol de Ganso, e vê nele um jogador com excelente passe, que pode jogar como um dos volantes (para ajudar na saída de bola). Por isso, decidiu apostar no brasileiro.

Se Ganso não conseguir se adaptar ao futebol europeu, onde ele certamente será cobrado tanto pela qualidade do seu passe quanto pelo seu esforço e trabalho em campo (especialmente defensivamente), talvez nunca mais terá uma chance de jogar nos maiores torneios europeus, como a UEFA Champions League.

Já Alexandre Pato teve um início de carreira bem diferente. Pato foi vendido do Internacional de Porto Alegre para o Milan em 2007, e estreou em 2008 já marcando gol. Em sua primeira temporada na Itália, marcou nove gols em vinte partidas. Estava aí o líder do ataque da seleção brasileira para os próximos dez anos, certo?

Errado. Pato começou a sofrer com lesões, e apesar de ter jogado relativamente bem no Milan nas próximas três temporadas, nunca conseguiu se firmar na seleção brasileira (por lesões e/ou inconsistência), e depois das Olimpíadas de 2012 mal jogou mais com a amarelinha.

Após fazer uma temporada regular pelo São Paulo em 2015 (emprestado pelo Corinthians, onde nunca conseguiu se firmar), Pato foi emprestado ao Chelsea, onde fez apenas duas partidas e não conseguiu impressionar.

Mas mesmo assim, conseguiu o que deve ser sua última chance no futebol europeu com sua transferência para o bom time do Villarreal. E, Pato já deve ter a oportunidade de jogar nas partidas de classificação para a fase de grupos da Champions League, quando o Villarreal enfrenta o Monaco – os dois principais atacantes do Villarreal (Bakambu e Soldado) estão machucados, e Pato terá uma grande chance de impressionar e assegurar seu lugar na rotação da equipe espanhola.

Se não se esforçar em campo, o que tem sido o grande problema de Pato nos últimos anos, a sensação que tenho é que sua carreira internacional estará oficialmente encerrada.

Os dois têm talento de sobra, e como fã do bom futebol, espero que os dois valorizem esta grande oportunidade e joguem o que são capazes de jogar (mas quase nunca jogaram). Ambos estão na idade onde a maioria dos jogadores atingem seu auge (26 anos) – se não conseguirem agora, provavelmente nunca mais conseguirão.

O que você acha? Será que conseguirão desempenhar um bom papel na Europa?

Hoje, dia 17 de agosto, o Sevilla visita o Barcelona pelo jogo de volta da Supercopa da Espanha, e o Villarreal recebe o Monaco pela fase classificatória da Champions League.

Deixe seu comentário e compartilhe.

Até a próxima …

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s