Jogadores valorizados e desvalorizados com suas atuações na Eurocopa

Um torneio como a Eurocopa serve como uma ótima vitrine para jogadores mostrarem seus talentos para uma audiência enorme e valorizarem o valor do seu passe, conseguindo assim uma transferência para times “maiores”. Mas, existe o outro lado da moeda – jogadores têm atuações tão fracas que acabam sendo desvalorizados no mercado da bola. Vamos olhas para alguns jogadores que ficaram mais valorizados depois da Eurocopa, e outros que perderam valor no marcado.

Valorizados

Moussa Sissoko – O francês, que hoje ainda atua pelo rebaixado Newcastle United, fez uma Eurocopa muito boa. Foi o jogador que mais levou perigo na final com sua velocidade e força física. Hoje o valor estipulado para a venda do jogador de 26 anos é de £35 milhões.

Ivan Perisic – O meia de 27 anos foi o melhor jogador da Croácia na Euro (algo incrível, considerando que é um time que conta com Rakitic e Modric). Certamente a Inter de Milão fará de tudo pra segurar Perisic, mas não duvido que um dos grandes da Inglaterra venha com uma oferta de mais de £40 milhões.

Hal Robson-Kanu – O atacante de 27 anos foi um dos destaques do bom time de País de Gales, e foi responsável por um dos gols mais bonitos da Eurocopa (contra a Bélgica). Ainda sem contrato, é apenas uma questão de tempo para que algum time, provavelmente inglês, contrate Robson-Kanu.

João Mario – O português foi um dos muitos jogadores de Portugal a terminarem a Eurocopa bastante valorizados (destaques como Nani, Raphael Guerreiro e Renato Sanches já estão com novos clubes). Agora o meia de 23 anos, que hoje é do Sporting, está sendo sondado por times como o Chelsea, com valores girando em torno de €50 milhões. Vale mencionar também o volante William Carvalho, que também é do Sporting e deve ser vendido por algo em torno de €40 milhões.

Desvalorizados

Joe Hart – O goleiro inglês fez uma péssima Eurocopa. Se Guardiola não parecia ter confiança em Hart para ser o titular do Manchester City, a Eurocopa ajudou a firmar este pensamento do técnico. Agora estão tentando negociar com Claudio Bravo para tentar trazer o chileno ao Etihad.

Mario Gotze – O atacante do Bayern de Munique começou como titular da seleção alemã, mas logo perdeu a vaga de titular para Mario Gomez e não jogou mais (nem mesmo quando Gomez sofreu uma lesão e ficou fora da semifinal contra a França). O jogador, que custou €37 milhões aos cofres do Bayern em 2013, deve ser negociado nesta janela de transferências para um time de menor expressão.

Olivier Giroud – O francês, atacante de 29 anos do Arsenal, mostrou nessa Euro que realmente não tem a qualidade pra liderar o ataque de um time grande como o Arsenal. Não é à toa que, de acordo com jornais ingleses, o Arsenal deve oferecer €50 milhões mais Giroud ao Napoli por Gonzalo Higuain, atacante que Arsene Wenger já poderia ter trazido em 2013 ao Emirates por €40 milhões (valor pago pelo Napoli).

Adil Rami – O zagueiro francês de 30 anos, que atua no Sevilla, começou a Eurocopa como titular da França. Mas, após algumas atuações muito fracas (e suspensão por acúmulo de cartões), Deschamps optou por manter o jovem Samuel Umtiti entre os titulares. Detalhe: Umtiti ainda não havia jogado nenhuma partida pela seleção principal da França. Tudo indica que esta foi a última convocação de Rami.

Quem mais você acha que foi valorizado ou desvalorizado na Eurocopa?

Até a próxima …

* Fonte da foto em destaque: http://www.pt.uefa.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s